segunda-feira, 12 de novembro de 2012

QuickQuest #39: Ensaio Sobre a Carreira

Gilliard Lopes, o único tetracampeão brasileiro do PodQuest, retorna aos gramados para responder a várias perguntas dos ouvintes sobre a carreira na área de games.


Faça perguntas e sugira assuntos para os próximos QuickQuests pelo e-mail contato@podquest.com.br ou no Twitter @ThePodQuest.

Ouça no link a seguir:
QuickQuest #39: Ensaio Sobre a Carreira
(botão direito, depois "salvar como" para baixar)

Ou ainda, adicione o feed e tenha todos os episódios quando quiser!
http://feeds.feedburner.com/doublejump/podquest
No iTunes, vá em "Advanced - Subscribe to Podcast" e cole o endereço acima.

11 comentários:

Marcos Carvalho disse...

Um das dúvidas que eu tinha era essa do loop infinito. As empresas querem quem tem experiência em consoles da nova geração, mas para ter experiência ai, é necessário trabalhar nessa área.
Agora que o Gilliard respondeu, deu pra ver que dá pra sair desse loop de diversas outras maneiras.
Uma das soluções que eu pensava em adotar era estudar e praticar OpenGL, XNA, DirectX, e nas outras linguagens como C# e C++, pra mostrar: "Olha não tenho experiência com consoles next-gen, mas sei utilizar algumas das tecnologias utilizadas neles";

Rodrigo "Chips" Scharnberg disse...

Muito bom o #QQ. Me fez ir ouvir o #PQ38 novamnete e me fez notar que vocês não fizeram (ao menos não que eu lembre ou tenha achado) Podquests sobre as carreiras que tem menor interesse na industria de games, como a de Producer, Technical Artist, Engenheiro de Audio, QA... Acho que seria interessante não apenas demonstrar que existem outras areas que não apenas Artista, Programador e Designer, mas também trazer alguém para contar como optou ou como chegou a este cargo na indústria e como ela funciona.

Abraços!

Rob Junior disse...

É TETRA, É TETRA!!! (Estilo Galvão Bueno)
Saudações Tricolores Gilliard e Podquesters!!!
Excepcional post e muito obrigado, essa questão do while sem break é tensa. No meu caso sou artista e é um cado complicado, isso de experiência mínima comprovada de 5 anos em títulos AAA nos priva do segundo passo. Mas como o Gilliard falou tem que bater na porta até a hora que ela irá abrir.

Marcelo Martins disse...

Gilliard,

Excelente podcast, como sempre. O conteúdo foi muito bem colocado e as respostas foram ótimas. Concordo 100% com o fato de que você precisa bater na porta várias vezes para que ela possa se abrir e também acho que nem sempre as portas se abrem de forma escancarada. Às vezes, elas ficam entreabertas e cabe a você, profissional de games, enxergar essa oportunidade e não deixar que elas se fechem completamente.

Cada carreira tem um método específico e certamente vou produzir um material de orientação relacionado às carreiras de compositor/sound designer. Muita coisa que eu imaginava ser verdade há dois anos simplesmente não se aplica e queria compartilhar isso com todos.

Grande abraço!

Bruno Afonseca disse...

Muito bom!
O que eu posso agregar, como artista, é: Fazer parte de uma comunidade ajuda MUITO. Postar seu trabalho, receber critica, networking, discussões... Além dos benefícios óbvios, com isso as pessoas também se conhecem, vão encontrando afinidades entre elas e trocando informações. E quando surge uma oportunidade, sendo indicado por alguém de dentro ou sendo alguém cuja competência é reconhecida pela comunidade, você já larga na frente.

Grande parte das vagas nem chega a ser anunciada publicamente, porque são preenchidas por recomendações das pessoas que já trabalham lá! Mas ficar fazendo o simpático pra tentar ser indicado, sem trabalho pra mostrar, não adianta de nada, né?

No mais, não tem muito segredo. É só trabalhar igual um condenado e mandar emails igual um psicopata, que uma hora vai!

Abraço!

Fellipe disse...

Primeiramente muito obrigado pela resposta do e-mail Gilliard! A atenção que vocês tem com os ouvintes é de se admirar!

A questão foi muito bem respondida e acho importante o que você comentou sobre demonstrar para as pessoas com quem você trabalha qual são suas metas por que assim facilita o coaching e direcionamento de carreira a fim de alcançar aquele objetivo.

Deixo aqui meus parabéns ao Fluzão! Título incontestável, merecido pelo elenco e pelo melhor atacante brasileiro no momento.

Como um bom corinthiano, eu quero ver a porcada na segunda divisão! Outra vez.

Abraços!

Diego Barboza disse...

Ei Gilliard, acho que deu bug no campeonato brasileiro. Eu 2010 o Fluminense foi bi e agora foi tetra... Você pode repassar esse bug aí na EA, por favor? :p

Edward Facundo disse...

Fala, Gilliard. Obrigado por responder a meu questionamento, dicas devidamente anotadas, expansão de estratégias para atingir a meta! Parabéns pelo trabalho e grato pela consideração.

Leandro Vian disse...

Hummm, e o podquest dessa semana? =/

Gilliard Lopes disse...

Essa semana não deu, Leandro. Mas sai na segunda que vem.

Alexandre Belmonte disse...

Gilliard, eu ouço a um bom tempo o Pod Quest e nunca comentei nada mas gostaria de agradecer ao trabalho que você e o pessoal vem fazendo com esse podcast.

Tem muita informação boa, bem organizada e sem frescuras.

Parabéns!