segunda-feira, 26 de março de 2012

PodQuest #39: Gamers - Cada Vez Mais Exigentes

No episódio de hoje, os Questers recebem o reforço do game designer Tiago Amorim Rocha, que trouxe muitos insights interessantes para uma discussão sobre as crescentes expectativas dos jogadores e o impacto disso na indústria de games de todos os tamanhos, no passado, presente e futuro.


Links:


Ouça diretamente no link a seguir:

PodQuest #39: Gamers - Cada Vez Mais Exigentes
(botão direito, depois "salvar como" para baixar)

Ou ainda, adicione o feed e tenha todos os episódios quando quiser!
http://feeds.feedburner.com/doublejump/podquest
No iTunes, vá em "Advanced - Subscribe to Podcast" e cole o endereço acima.

Ouça e comente! Se preferir, entre em contato por e-mail em contato@thepodquest.com ou pelo Twitter em @ThePodQuest.

9 comentários:

Carlos David disse...

Tenho uma sugestão para o Podquis que pode bagunçar todo o sistema de pontuação...

O número de pontos deveria ser "linkado" a quantidade de dicas restantes.

Ex: Acertou na primeira dica recebe 8 pontos. Na segunda recebe 7 pontos e assim por diante até a última.

Caso ninguém acerte, quem elaborou o Quis receberia 8 pontos.

Bem fica a dica...

Valew, continuem com o bom trabalho...

Gregório Benatti disse...

Puta merda...

Other Ocean, Eidos e agora BioWare...
Parabéns Fernando!!

To ouvindo o podcast agora... se tiver mais comentários mando daqui 1h38min =D

Abraço!

Marcelo Martins disse...

Pessoal,

Acho que esse foi um dos PodQuest mais legais de todos os tempos. Excelente participação do Tiago.

Em primeiro lugar, parabéns ao Secco pela mudança! Tenho certeza que você fará um excelente trabalho na BioWare. Cuidado para não ser atacado na rua, por protestantes querendo mudar o final de ME3!

Eu queria comentar várias coisas, mas para manter a sanidade dos leitores, vou destacar somente uma observação em relação à discussão do impacto da tecnologia visual nos jogos.

Gráficos mais realistas demandam sons mais realistas. Em um FPS, que acredito ser um dos gêneros que tem maior peso nessa batalha tecnológica, o nível de sofisticação e budget pro áudio está crescendo de maneira assustadora.

Imagine que, para uma cena de batalha, você precisa ter (no mínimo) sons para: tiros, cápsulas de balas caindo no chão, passos de trocentos jogadores, gritos, explosões, veículos, animais etc. Tudo isso precisa funcionar em tempo real e respeitando a distância e posicionamento da origem do som no espaço 3D.

Nem todas as pessoas percebem esses elementos, porque eles parecem "naturais" quando estão lá. Porém, se você começar a eliminá-los, vai notar alguma coisa estranha. O cenário não vai parecer tão vivo.

Abraços!

lucjose disse...

No momento que estava escrevendo este comentário, eu estava ouvindo este episódio e jogando ME3 Multiplayer :) Realmente estava querendo ouvir as opiniões de vocês sobre todos os acontecimentos que rondam o ME3. Espero que em breve vocês possam gravar o podcast sobre ME3 :) De qualquer forma, vocês poderiam fazer o podcast sobre a Bioware, e depois já ir gravando sobre o ME1 e ME2, e deixaria o ME3 para depois quando "a poeira baixar". Enfim, foi só uma sugestão :)

E parabéns pelo podcast tão bacana!!!

Leonardo SF disse...

Primeira mente gostaria de parabenizar o Fernando por mais essa faze em sua vida. Parabéns cara. Apesar de só ter jogado Mass Effect já deu para perceber que a BioWare é uma excelente empresa.

E vou registrar um coincidência. Estava eu começando a jogar ME3 e me perguntei por quê os jogos ainda tem o "Press Start". Eu achava que era uma tradição nos games. Da época que se deixava um game rodando em um loja e depois de um tempo nessa tela aprecia uma Demo do jogo.

Gilliard Lopes disse...

Muito bons os comentários, obrigado pessoal! Quanto à sugestão do Carlos David para o PodQuiz, ela faz sentido mas acho que vamos manter a pontuação mais simples mesmo.

Abração e obrigado por ouvir!

Shendoo disse...

Muito bom, Vcs estão de parabens!
Gostaria que vcs tentassem fazer um podquest sobre o mercado brasileiro e as empresas brasileiras de games,( como a Critical Studio ou a Southlogic) se vale a pena investir em uma empresa de games no Brasil, que faz jogos para entreterimento, quais as vantagens e desvantagens, ou se vale mais a pena tentar uma carreira em empresas de renome no exterior.
desde já agradeço

thiago ferreira disse...

Fala galera, seguinte muito massa o podquest, gostei muito e absorvi muita coisa falada, mais na minha concecpção penso que os games ainda irão manter este padrão de tecnologia e claro que sempre aprimorando mais, eu acho que ainda tem muito espaço para o cenario atual, ainda tem muita gente que não esta pronta para aceitar tanta tecnologia em um jogo eu falo em questão do brasil.

Agora sobre o fernando so tenho a dizer parabéns, muito sucesso, continue sendo essa pessoa dedicada e que um dia chego la, vcs realmente são inspirações para gente que esta começando e que quer chegar a uma grande empresa.

valeu galera

Rafael Cobra Teske disse...

Po Secco, BIOWARE? Caramba, parabéns mesmo, muito orgulho de já ter trabalhado com todos vocês, mesmo que por pouco tempo.

Godlike hein? Abraço!