segunda-feira, 10 de setembro de 2012

QuickQuest #35: Lavando a Boca dos Gamers com Sabão

Mais uma semana, menos um PodQ... er, quer dizer, mais um QuickQuest! Gilliard Lopes entra como substituto no segundo tempo pra falar sobre o processo de certificação dos games junto às donas de plataformas, e também para responder à pergunta do ouvinte Alessandro Teixeira: "como lidar com os jogadores boca-suja e mal-educados por aí?". Descubra a marca de sabão mais eficaz contra isso neste episódio do QuickQuest.


Faça perguntas e sugira assuntos para os próximos QuickQuests pelo e-mail contato@podquest.com.br ou no Twitter @ThePodQuest.

Ouça no link a seguir:
QuickQuest #35: Lavando a Boca dos Gamers com Sabão
(botão direito, depois "salvar como" para baixar)

Ou ainda, adicione o feed e tenha todos os episódios quando quiser!
http://feeds.feedburner.com/doublejump/podquest
No iTunes, vá em "Advanced - Subscribe to Podcast" e cole o endereço acima.

4 comentários:

Fellipe disse...

Valeu por mais um QuickQuest! Bem, não trabalho em nenhuma empresa de games para poder contribuir com a questão da certificação de games, então essa eu passo.

Sobre a pergunta do ouvinte, não faz sentido nenhum generalizar afirmando que só os brasileiros tem má conduta nos jogos multi player.
Se pudessem fazer uma lista por nacionalidade de todos os jogadores que são banidos dos servers do games on line, o Brasil não lideraria essa listagem.

É tão normal dizer que o Brasil é ruim em tudo que até os players brasileiros estão "criando uma linha" pra dar aquela separada, 'sou um brasileiro diferenciado'.

No aguardo pela demo do Fifa 13!

Abraços!

Marcelo Martins disse...

Gilliard,

Em primeiro lugar, parabéns por mais um lançamento FIFA. Espero que o jogo tenha ainda mais sucesso do que a versão 2012!

Concordo que uma das coisas que estimula a falta de educação é o aparente status “anônimo” da internet e a falta de punição. Além do rating e block que o Gilliard citou, acho que também cabe aos jogadores mais educados denunciar esse tipo de jogador para que ele não faça mais parte da comunidade, quando o caso for grave. Geralmente, existem canais específicos (fóruns, e-mail de atendimento ao cliente) de cada jogo para fazer isso.

rodrigot disse...

Hey, obrigado por não deixarem faltar conteúdo toda segunda.

Tibia Podcast disse...

Eu discordo bastante em certa parte. O comportamento do brasileiro na internet em geral ta entre os piores, e não é de ontem. Brasileiro começa a jogar/participar, ja quer avacalhar ou dominar a comunidade e sair gritando orgulhosamente "É BRASIL, PORRA!".
Não se assuste caso vc se identifique online como brasileiro e a reação da pessoa seja "HEUHEUHEUEHUE BR?BR? GIBE MONI PLS"